O Chefe de Logística e Mobilização, Tenente Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues, o Chefe de Assuntos Estratégicos, General de Exército Eduardo Antonio Fernandes, o Chefe de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Almirante de Esquadra Petronio Augusto Siqueira de Aguiar, e comitiva, visitaram, em 27 de agosto, as instalações do Programa de Submarinos (PROSUB) no Complexo Naval de Itaguaí, localizado na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
Os representantes do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas estavam acompanhados do Secretário de Orçamento e Organização Institucional (SEORI), Antônio Vogel, e do Diretor-Geral do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM), Rafael Costa. As autoridades foram recepcionadas pelo Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, e pelo Coordenador-Geral do Programa de Desenvolvimento do Submarino com Propulsão Nuclear, Vice-Almirante Sydney dos Santos Neves.
O objetivo da visita foi apresentar a situação orçamentária do PROSUB aos membros do Ministério da Defesa e a infraestrutura do Complexo Naval de Itaguaí, berço industrial que avança na construção em série de quatro Submarinos com propulsão diesel-elétrica.
Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo observa ao periscópio do simulador tático
Durante a visita, a Comitiva percorreu as instalações da oficina principal do Estaleiro de Construções, onde embarcou e percorreu o interior do Submarino “Humaitá”. Em seguida, conheceu os simuladores tático e de imersão no Departamento de Treinadores e Simuladores, instalado no Complexo da Base de Submarinos da Ilha da Madeira.
O PROSUB estimula o desenvolvimento do parque industrial nacional, a geração de empregos e a capacitação das empresas envolvidas no Programa de Nacionalização, certificando a elevada capacidade tecnológica absorvida pela Marinha e pela Itaguaí Construções Navais na construção de meios de alta complexidade tecnológica.
Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui