Palestra Institucional do COMPAAz à comitiva senegalesa

O Comando de Operações Marítimas e Proteção da Amazônia Azul (COMPAAz) recebeu, no dia 17 de maio, a visita da comitiva da Agência Nacional de Assuntos Marítimos (ANAM) de Senegal. A comitiva foi composta pelo Diretor das Operações Marítimas da ANAM, Abdoul Tanor Diaw, pelo Adjunto da Alta Autoridade Encarregada da Coordenação da Segurança e da Proteção do Ambiente Marinho, Capitão de Mar e Guerra Seydina Djibril Mbengue, e pelo Capitão-Tenente Ibrahima Ly, da Marinha Nacional de Senegal.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A comitiva foi acompanhada por representantes da Empresa Gerencial de Projetos Navais e recebeu as boas-vindas, no COMPAAz, pelo Comandante do Centro de Operações Marítimas, Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa, na função de Centro de Dados Regional do Sistema de Identificação e Acompanhamento de Navios a Longa Distância (LRIT, acrônimo em inglês) do Brasil, que também presta serviços como centro de dados deste sistema para outras nações, notadamente Namíbia e Uruguai.

Na oportunidade, foi realizada apresentação institucional sobre a história e as atividades desempenhadas pelo COMPAAz, destacando seu histórico de implementação do LRIT no Brasil em prol do incremento da Consciência Situacional Marítima (CSM) e acompanhamento do tráfego marítimo de interesse, especialmente os navios e embarcações que arvoram bandeira brasileira navegando nas diversas linhas de comunicações marítimas internacionais essenciais à economia do país.

qwafesg5drh6fti7gujyhtgfr
Comitiva é apresentada às funcionalidades do Sistema LRIT

A comitiva também foi apresentada ao Sistema LRIT e suas diversas funcionalidades e vantagens, cuja implementação se constitui em obrigação dos países signatários da Convenção Internacional da Salvaguarda da Vida Humana no MAR (SOLAS, acrônimo em inglês), o qual contribui para as operações de busca e salvamento. Eles conheceram o Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo, desenvolvido pela Marinha do Brasil, cujo emprego consagrado vem contribuindo, ao longo dos anos, para o fortalecimento da CSM nos espaços marítimos de interesse do país, em prol da segurança do tráfego marítimo nas águas jurisdicionais brasileiras, bem como dos navios brasileiros em navegação em qualquer parte do mundo.

Durante o encontro, foram oportunizadas condições de propiciar parcerias futuras entre o Brasil e Senegal relacionadas à segurança marítima, identificando-se formas de interação e apoio mútuo, visando incremento da CSM no Golfo da Guiné, região de interesse brasileiro na costa oeste do Continente Africano.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).