Viaturas blindadas da Polícia Federal chegam à Bahia para reforçar combate ao crime organizado — Foto: Polícia Federal

Em um momento crítico, onde a segurança pública se torna cada vez mais uma prioridade, a Bahia recebe um reforço significativo para combater o crime organizado que tem assolado o estado nos últimos meses. Três novas viaturas blindadas da Polícia Federal foram enviadas à Bahia, marcando um novo capítulo na luta incansável contra o crime organizado. Vamos entender melhor como este reforço promete transformar a segurança na região e trazer mais tranquilidade para a população.

Reforço no Combate ao Crime

imagem 2023 09 19 141809330
Foto: Polícia Federal

Estes veículos, que foram embarcados no navio NAM Atlântico (A-140), da Marinha no porto do Rio de Janeiro, estão previstos para chegar à capital baiana entre quarta (20) e quinta-feira (21).

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Este reforço vem em um momento crucial, onde a Bahia tem enfrentado uma onda de violência significativa, com diversos confrontos e tiroteios registrados nos últimos meses. A chegada destas viaturas representa uma resposta firme e decidida das autoridades, demonstrando que estão tomando medidas concretas para garantir a segurança e a ordem na região.

Atuação Estratégica da Polícia Federal

imagem 2023 09 19 141720701
Foto: Polícia Federal

As novas viaturas serão utilizadas por equipes especializadas da Polícia Federal, incluindo o Comando de Operações Táticas (COT) e o Grupo de Pronta Intervenção (GPI). Estas unidades são responsáveis por operações de alta complexidade, muitas vezes atuando em situações de grande risco e exigindo equipamentos de alta tecnologia e proteção.

O Superintendente Regional da PF na Bahia, Flávio Albergaria, explicou que a chegada destas viaturas não é uma medida nova, mas sim uma continuação do plano estratégico da instituição para fortalecer a segurança na região. “As viaturas estavam definidas para reforçar o nosso trabalho. Não se trata de uma medida nova. Outros estados têm os seus blindados e, agora, a Bahia está sendo contemplada”, afirmou Albergaria.

Com este reforço, a Polícia Federal baiana passará a contar com cinco veículos blindados para operações de força-tarefa no combate ao crime organizado, integrando uma força de segurança composta por 400 homens, incluindo agentes da Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).