Cerimônia realizada no convoo da Fragata ‘‘Liberal’’

Em cerimônia realizada a bordo da Fragata “Liberal”, o Comando em Chefe da Esquadra e o Comando da Força de Superfície promoveram, em 30 de novembro, a entrega dos Prêmios de 2019 de “Navio de Socorro da Esquadra”, entregue à Fragata ‘‘Liberal’’, e “Eficiência da Força de Superfície”, entregue ao Navio de Desembarque de Carros de Combate “Almirante Saboia”, à Fragata “Liberal” e à Corveta “Barroso”.

O título de “Navio de Socorro da Esquadra” é concedido ao navio que totalizar o maior número de pontos dentre os Navios de Serviço da Esquadra. A Fragata “Liberal” sagrou-se vencedora por ter alcançado a marca de 180 pontos no ano de 2019. A operação de socorro, que emprega os recursos disponíveis na prestação de auxílio a pessoas em perigo no mar, é uma atribuição da Marinha nas Águas Jurisdicionais Brasileiras e na área de alto-mar estabelecida em convênios internacionais. Já a operação de salvamento é a que contribui para restituir as condições operativas aos navios, aeronaves e instalações diversas, quando avariados ou sinistrados no mar.

O prêmio “Eficiência da Força de Superfície” tem como propósito premiar, anualmente, os navios que mais se destacaram nos níveis de aprestamento e de comprometimento com a sua prontificação para o combate no âmbito dos Esquadrões subordinados à Força de Superfície. Os navios premiados poderão ostentar o símbolo “E” pintado na cor branca nas asas do passadiço, até a cerimônia de entrega desse prêmio no ano seguinte.

As cerimônias de entrega dos prêmios, que normalmente ocorre no primeiro semestre, tiveram que ser reprogramadas em virtude das restrições impostas pela pandemia da Covid-19. Na ocasião, foram cumpridos todos os protocolos em vigor para impedir a propagação do vírus.

Fonte: CCSM

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui