No dia 10 de fevereiro, o Comandante do Exército Brasileiro, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, visitou o Comando do Grupamento de Unidades Escola/9ª Brigada de Infantaria Motorizada (GUEs/9ª Bda Inf Mtz), com o objetivo de inspecionar o estado de prontidão da tropa e reforçar os valores e tradições do Exército por meio de sua presença.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Para a recepção do Comandante do Exército, o 15º Regimento de Cavalaria Mecanizado (Escola) realizou a escolta de honra, enquanto o 1º Batalhão de Infantaria Mecanizado (Escola) conduziu a guarda de honra mecanizada e o 31º Grupo de Artilharia de Campanha (Escola) executou os 19 tiros de salva de obuseiros M101A1 105 milímetros, no histórico Campo de Marte.

Durante toda a programação, o Comandante do Exército esteve acompanhado do Comandante Militar do Leste, General de Exército José Eduardo Pereira; e do Comandante da 1ª Divisão de Exército, General de Divisão Kleber Nunes de Vasconcellos, os quais constituem a cadeia de comando à qual a 9ª Bda Inf Mtz se subordina. Durante a visita, os oficiais-generais tiveram a oportunidade de se reunir com os comandantes das organizações militares diretamente subordinadas à brigada, com o intuito de analisar as características técnicas e a capacidade de emprego da 9ª Bda Inf Mtz.

Na sequência, ocorreu a visita ao Espaço Cultural do Quartel Histórico do Realengo, onde o General Paulo Sérgio ministrou uma palestra aos oficiais e praças das unidades subordinadas, objetivando estreitar laços profissionais e atualizar conhecimentos sobre a Força Terrestre. A atividade prosseguiu com a inspeção do aprestamento, no Campo do Regimento Sampaio, na Vila Militar, da tropa que integrará a Força de Prontidão (FORPRON) do GUEs/9ª Bda Inf Mtz.

Força-Tarefa
A Força-Tarefa “De Guerra” é composta por cerca de 1,1 mil homens e mulheres, devendo iniciar a 1ª fase (preparação) do ciclo de prontidão no próximo mês de abril. Ao fazer uso da palavra, o Comandante do Exército ressaltou o elevado nível de profissionalismo e operacionalidade da tropa, o que, segundo ele, permite prever o esperado êxito na 2ª fase (certificação) do referido ciclo, a ocorrer entre os meses de novembro e dezembro do corrente ano.

Por fim, o Comandante do GUES/9ª Bda Inf Mtz, General de Brigada Ricardo Luiz da Cunha Rabelo, agradeceu a ilustre visita e passou às mãos do Comandante do Exército a escultura do Combatente Básico da 9ª de Guerra, o “Psilito”.

Fonte: Grupamento de Unidades Escola/9ª Brigada de Infantaria Motorizada

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).