blank
Aposição floral em frente ao monumento do Almirante Tamandaré

O Comando do 8º Distrito Naval realizou, em 21 de julho, uma cerimônia cívico-militar em Memória aos Mortos da Marinha em Guerra, em frente ao monumento do Almirante Tamandaré, localizado no Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP).

A cerimônia é celebrada anualmente na data em que afundou a Corveta “Camaquã”, em meio à Batalha do Atlântico na Segunda Guerra Mundial, em 21 de julho de 1944.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Durante o evento, foi realizada aposição floral e, concomitantemente, o Aviso de Patrulha “Espadarte”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul Sudeste, efetuou o lançamento de pétalas ao mar, ao largo de Santos (SP).

blank
Aviso de Patrulha “Espadarte” durante
lançamento das pétalas ao mar

A solenidade foi presidida pelo Comandante do 8º Distrito Naval e contou com a presença de autoridades do Exército, Força Aérea, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Civil e de membros das Sociedades Amigos da Marinha (Soamar) São Paulo, Campinas e Santos. Também participou da solenidade o Segundo-Tenente Melchisedech Afonso de Carvalho, ex-combatente da Segunda Guerra Mundial.

Além da representação do Comando do 8º Distrito Naval e do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo, prestigiaram o evento pelotões do Comando Militar do Sudeste, do Comando-Geral de Apoio da Aeronáutica e da Polícia Militar, bem como integrantes do 393º Grupo Escoteiro do Mar “Legatis Regis”.