Descerramento da placa alusiva à transferência de posse da usina solar fotovoltaica no prédio do Com3ºDN

No dia 3 de maio, o Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) inaugurou sua usina solar fotovoltaica em uma cerimônia realizada em sua sede. A usina, construída no prédio do Com3ºDN, tem como principal objetivo proporcionar uma redução média de 42% no consumo de energia no prédio do Comando, contribuindo para a sustentabilidade e a economia de recursos.

Assinatura do Termo de Passagem de Posse

as1 65
Assinatura de Termo de Passagem de Posse de usina solar fotovoltaica por Com3ºDN e Neoenergia Cosern

Durante a cerimônia, foi assinado o Termo de Passagem de Posse. Primeiramente, o documento foi assinado pela Diretora-Presidente da Neoenergia da Cosern, Fabiana Carvalho Lopes, e pelo Comandante do 3ºDN, Vice-Almirante Alexander Reis Leite. Em seguida, o Supervisor de Eficiência Energética da Neoenergia Cosern, Daniel Sarmento de Freitas, e o Assessor de Gestão de Contrato e Obras Civis, Capitão de Mar e Guerra Manoel Ribeiro da Costa, também assinaram o termo.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Valorização da sustentabilidade e uso consciente de energia

Fabiana Carvalho Lopes, Diretora-Presidente da Neoenergia, ressaltou a importância da geração e utilização de energia limpa, como a solar, para a sustentabilidade do planeta. O Vice-Almirante Reis Leite também destacou que, além da economia gerada, o equipamento incentiva a reflexão sobre o uso consciente de energia entre os tripulantes e suas famílias. Após as declarações, ocorreu o descerramento da placa alusiva à passagem de posse da usina solar fotovoltaica, com a presença de membros da Neoenergia e militares do Com3ºDN.

Investimento e capacidade da usina solar

A usina solar fotovoltaica possui capacidade instalada de 181,8 kWp (kilo-Watt-Pico), sendo capaz de gerar 307,89 MWh/ano. O projeto é resultado de uma Chamada Pública realizada em 2019 e recebeu um aporte de R$ 950 mil do Programa de Eficiência Energética da distribuidora, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).