Mâncio Lima / Rodrigues Alves (AC) – O Comando de Fronteira Juruá / 61º Batalhão de Infantaria de Selva participou da Operação Castanheira II, desencadeada pela 17ª Brigada de Infantaria de Selva, de 6 a 10 de junho. A operação teve como principal finalidade combater delitos transfronteiriços e ambientais, além de intensificar a presença do Estado Brasileiro na faixa de fronteira.

Com o apoio dos órgãos de segurança pública e de fiscalização ambiental, tanto federais como estaduais, foram realizadas operações militares em ambiente interagências, eminentemente preventivas e repressivas, no Setor de Proteção Integrada (SEPI) do Batalhão Marechal Thaumaturgo de Azevedo, nos municípios de Mâncio Lima e Rodrigues Alves. As ações aconteceram ao longo de rios e igarapés, abarcando, portanto, operações terrestres e fluviais.

A intensificação da presença do Exército Brasileiro na faixa de fronteira acontece nas duas vertentes do lema “Braço Forte, Mão Amiga”, combinando defesa e segurança com a realização de uma Ação Cívico-Social na Terra Indígena dos Puyanawas. Os cidadãos locais puderam usufruir de serviços básicos de saúde, como atendimentos médico-hospitalares (clínica médica, odontologia, vacinação, distribuição de medicamentos etc.), além de atividades lúdicas para o público infantil.

Ao fim da Operação, foi realizado um desfile cívico-militar na cidade de Mâncio Lima, que contou com a presença de autoridades civis e militares.

Fonte: Comando de Fronteira Juruá
Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui