Comando Conjunto Norte identifica mineração ilegal em Marabá (PA)

blank

No dia 20 de abril, o Comando Conjunto Norte (C Cj N), formado pelo Comando Militar do Norte (CMN), 4º Distrito Naval e Comando Aéreo Norte, identificou uma atividade ilegal de mineração na região da Vila União, em Marabá. A ação ocorreu em apoio à Polícia Federal (PF) dentro da Operação Verde Brasil 2, do Exército, e da Operação Magnesium, do C Cj N, e contou com a participação de militares do 52º Batalhão de Infantaria de Selva sob a coordenação da 23ª Brigada de Infantaria de Selva.

Além de realizar ações repressivas contra delitos ambientais, a Operação Magnesium tem contribuído para a manutenção de energia em áreas estratégicas da Amazônia Legal. Com a presença militar e policial, funcionários da Belo Monte Transmissora de Energia puderam realizar as inspeções necessárias em suas torres de transmissão.

Ações semelhantes garantem o fornecimento de energia para os estados no norte do país, principalmente no Amapá, estado que sofreu dois apagões: um de 21 dias em novembro de 2020 e outro em 8 de abril desse ano. Nesse último caso, a pane foi ocasionada por problemas com a linha de transmissão no trecho do Linhão de Tucuruí, entre Jurupari (PA) e Laranjal do Jari (AP), operada pela Belo Monte Transmissora de Energia. O problema atingiu 15 dos 16 municípios.

A ação ocorre no contexto da Operação Verde Brasil 2, que tem o objetivo de combater crimes e delitos ambientais e eliminar focos de incêndio na Amazônia Oriental. Os trabalhos dos militares das Forças Armadas ocorrem em coordenação com agentes de órgãos de segurança pública e de proteção ambiental municipais, estaduais e federais.

A permanência das Forças Armadas na Amazônia Legal foi autorizada pelo Decreto 10.539, de 4/11/2020. A missão busca contribuir com ações para a preservação da Amazônia previstas pelo Conselho Nacional da Amazônia.

Fonte: 52º BIS

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui