Em 6 de julho, o Comandante do Exército Brasileiro e sua delegação embarcaram em uma missão importante para Berlim e Dresden, na Alemanha. O foco da viagem foi a reunião com representantes de várias empresas que fazem parte da base industrial de defesa alemã. Na primeira parte da reunião, as empresas apresentaram seus produtos e projetos atuais e futuros na área de defesa, que podem ser de interesse para as forças terrestres brasileiras.

Em seguida, os representantes das empresas e os adidos militares convidados tiveram a oportunidade de conhecer em detalhes o Portfólio Estratégico do Exército Brasileiro e seus programas. O principal objetivo dessa interação foi estabelecer novos contatos e fortalecer os laços já existentes entre o Exército Brasileiro, nações amigas e empresas de defesa alemãs. Tudo isso em vista de estabelecer e ampliar parcerias em pesquisa, desenvolvimento e fabricação de produtos de defesa de alta tecnologia, tanto no Brasil quanto em outros países aliados.

Uma Visão Interna da Escola de Oficiais do Exército Alemão

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Ao final de sua visita oficial à Alemanha, o Comandante do Exército visitou a Escola de Oficiais do Exército (“Offizierschule des Heeres”), localizada na cidade de Dresden. A delegação brasileira foi recebida pelo Coronel Karsten Jahn, Comandante interino e Diretor de Ensino daquela instituição militar. Durante a visita, o Comandante do Exército e sua delegação tiveram a oportunidade de conhecer as semelhanças e diferenças entre os processos de seleção e formação de oficiais nos Exércitos Alemão e Brasileiro.

Essa experiência proporcionou um terreno fértil para discussões sobre o aumento das atividades de intercâmbio entre a Academia Militar das Agulhas Negras, no Brasil, e a Offizierschule des Heeres, na Alemanha. Trata-se de um passo importante para estreitar laços e criar oportunidades de aprendizado e crescimento para os oficiais dos dois países.

Essa visita à Alemanha marca um momento significativo no fortalecimento das relações militares e comerciais entre Brasil e Alemanha. Com o foco em parcerias tecnológicas e de ensino, o Exército Brasileiro reafirma seu compromisso com a modernização e o aprimoramento contínuos de suas operações e capacidades.

article?img id=16616838&t=1689023055330
article?img id=16616839&t=1689023055996
article?img id=16616840&t=1689023056679
article?img id=16616841&t=1689023057833
article?img id=16616842&t=1689023059010
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).