Nesta segunda-feira, 10 de julho, uma reunião de alto nível ocorreu no Quartel-General do Exército em Brasília, marcando uma nova etapa na colaboração entre os Exércitos Brasileiro e Equatoriano. O General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, Comandante do Exército Brasileiro, recebeu a visita de seu homólogo equatoriano, General de Divisão Franklin Gustavo Acosta Yacelga. A ocasião permitiu um intercâmbio profundo de ideias e oportunidades de cooperação entre as duas nações.

Condecorações e Honras

Durante a visita, o General Acosta Yacelga foi honrado com a Ordem do Mérito Militar, a mais alta distinção honorífica do Exército Brasileiro, e com a medalha do Exército Brasileiro. Esses prêmios destacam o compromisso do General Acosta Yacelga com a excelência militar e a paz regional. Ao mesmo tempo, simbolizam o respeito e a admiração do Exército Brasileiro por seu par equatoriano e seu compromisso com a colaboração bilateral.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Perfil do Comandante-Geral

General Acosta Yacelga é uma figura de destaque no Exército Equatoriano. Nascido na cidade de Quito, o General iniciou sua jornada militar como alferes de Infantaria em 1984. Ao longo de sua carreira, ele completou vários cursos de promoção e militares, com destaque para os de Paraquedismo, Puma, Free Jumper, Jump Master, Chefe de Salto, Mina Guerra e Operações de Manutenção da Paz. Além disso, o General Acosta Yacelga possui um mestrado em Estudos Avançados em Terrorismo pela Universidade Internacional de La Rioja e acumulou experiência significativa ao servir como Diretor de Operações do Comando Conjunto das Forças Armadas e chefe do Estado-Maior do Exército equatoriano.

Rumo à Colaboração Futura

O encontro entre os dois líderes militares marca uma oportunidade importante para fortalecer os laços entre os Exércitos Brasileiro e Equatoriano. Tratando de assuntos de interesse comum para ambas as nações, a reunião criou um espaço para discussões futuras e projetos conjuntos, reforçando a cooperação e a interação entre os dois países. À medida que trabalham juntos, os Exércitos Brasileiro e Equatoriano demonstram o compromisso mútuo com a segurança e a paz na região, criando um futuro mais seguro para todos.

article?img id=16616997&t=1689079495535
article?img id=16616998&t=1689079495627
article?img id=16616999&t=1689079495701
article?img id=16617000&t=1689079495768
article?img id=16617001&t=1689079495840
article?img id=16617002&t=1689079495906
article?img id=16617003&t=1689079495976
article?img id=16617004&t=1689079496044
article?img id=16617005&t=1689079496115
article?img id=16617006&t=1689079496180
article?img id=16617007&t=1689079496249
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).