blank

O Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior está em Londres, na Inglaterra, onde participa de uma série de eventos importantes para o desenvolvimento da Instituição. Dentre eles, a Conferência de Comandantes de Forças Aéreas e Forças Espaciais (GASCC, do inglês Global Air & Space Chief’s Conference), finalizada nesta quinta-feira (14/07).

Participam 67 Comandantes de Força Aérea, entre eles da Nigéria, da Malásia e do México, além de seus representantes. Na oportunidade, o Comandante da FAB assinou a Declaração de Intenção para a Colaboração das Forças Aéreas Globais em Mudanças Climáticas. De acordo como documento, todas as deliberações devem ser realizadas sem reduzir as capacidades operacionais das Forças Aéreas envolvidas, bem como a legislação e as políticas aplicáveis a cada país.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Para o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior, a participação na Conferência e a assinatura da declaração ressaltam o compromisso com a constante busca para aumento das capacidades operacionais da Força. “Na Global Air and Space Chief’s Conference, os Comandantes das principais Forças Aéreas do mundo abordaram temas estratégicos para o futuro da Poder Aéreo e Espacial, no mais elevado nível. Ao tratarem de assuntos relevantes como características multidomínio (ambientais, ar, terra, mar, cibernética e espacial) dos conflitos modernos e parcerias globais, buscam fortalecer a confiança e pensar o futuro”, concluiu. Além disso, ressaltou que a assinatura da Declaração de Intenções para a Colaboração das Forças Aéreas Globais em Mudanças Climáticas representa o nosso compromisso com a redução da emissão de poluentes.

Deliberações da Declaração de Intenção

O documento visa reconhecer que as mudanças climáticas e a decorrente  necessidade de proteção ambiental estão entre os maiores desafios enfrentados pela humanidade.

blankA Declaração de Intenção tem por finalidade buscar áreas de cooperação, compartilhar as melhores práticas, conhecimentos, recursos e capacidades de pesquisas para acelerar o progresso em direção ao objetivo coletivo de otimizar o uso de energia e, ao mesmo tempo, reduzir as emissões de Gases de Efeito Estufa e as ações que contribuem para as mudanças climáticas.

O documento ainda cita que, sempre que possível, os Signatários considerarão procurar incluir conhecimentos de todos os setores da sociedade e fornecer incentivos para o envolvimento dos setores empresarial, acadêmico e ONGs.

Fotos: Adidância Londres