No dia 19 de abril, o Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC) realizou a cerimônia de encerramento da segunda edição do Curso de Observadores Militares das Nações Unidas (UNMO). Iniciado em 15 de abril, o curso teve como principal objetivo preparar profissionais para atuarem como observadores militares em missões de paz ao redor do mundo, uma função vital para a manutenção da estabilidade e paz globais.

Diversidade e Colaboração Internacional

blank
Participantes do Curso de Observadores Militares das Nações Unidas

Sob a coordenação do Centro de Operações de Paz de Caráter Naval, o UNMO Course contou com a participação de representantes de diversas nações, incluindo Alemanha, Emirados Árabes Unidos, Marrocos, Peru e México. Oficiais da Marinha do Brasil (MB) e da Força Aérea Brasileira (FAB) também participaram, destacando o caráter internacional e a importância da colaboração entre diferentes forças armadas e países na promoção da paz.

Educação e Preparação para Desafios

O curso proporcionou aos participantes uma compreensão aprofundada das operações de paz das Nações Unidas, focando na capacitação para enfrentar ambientes complexos e desafiadores. Os instrutores do curso enfatizaram a importância do papel dos observadores militares na monitoração e relato das condições em áreas de conflito, no cumprimento de acordos de cessar-fogo e na proteção de civis em situações de crise.

Impacto e Relevância do UNMO Course

A realização do UNMO Course pelo CIASC reafirma o compromisso do Brasil, através da Marinha e do Corpo de Fuzileiros Navais, com a promoção da paz e segurança internacionais. O curso não só prepara os participantes para contribuir efetivamente nas operações de paz multidimensionais das Nações Unidas, mas também fortalece a posição do Brasil como um ator chave no cenário de operações de paz global.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).