Em um esforço para aumentar a conscientização e compreensão sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), o Núcleo de Assistência Social da Marinha do Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (NAS/CIAMPA) realizou, no dia 25 de abril, uma roda de conversa significativa destinada aos militares e suas esposas. A iniciativa fez parte das atividades do mês de conscientização do autismo, um período dedicado a educar e desmistificar questões relacionadas ao TEA.

Participação e temas abordados

A sessão contou com a presença de membros da tripulação do CIAMPA e do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais, além da pedagoga da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Sra. Arlene Zimba. Como especialista convidada, a Sra. Zimba ofereceu uma palestra informativa sobre o Transtorno Global do Desenvolvimento, abordando as principais características do TEA, os níveis de intervenção possíveis, e as melhores práticas para oferecer suporte aos indivíduos autistas e seus familiares.

Impacto e importância do evento

Além de fornecer informações valiosas, a atividade incluiu uma dinâmica de grupo que permitiu aos pais expressarem suas preocupações e esperanças relacionadas ao diagnóstico de TEA de seus filhos. Essa troca de experiências e questionamentos à palestrante revelou-se uma parte crucial do evento, proporcionando um espaço acolhedor e informativo para todos os envolvidos.

Reflexão sobre o autismo

O evento foi além de meramente informar sobre o autismo; ele buscou refletir sobre o TEA como uma forma única de ser e estar no mundo, enfatizando que o transtorno não deve ser visto como uma doença, mas como uma condição que faz parte da diversidade humana. As vivências compartilhadas pelos militares sobre seus filhos com TEA destacaram a relevância de entender e aceitar as diferenças, fortalecendo o tecido da comunidade militar com empatia e suporte mútuo.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).