Aeronave UH-12 durante sobrevoo na região do naufrágio

A Capitania Fluvial de Tabatinga (CFT) e o 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Noroeste (EsqdHU-91) atuaram em conjunto na coleta de informações e avaliação de danos ambientais ocasionados pelo naufrágio de uma balsa que operava como posto de abastecimento de combustível, no município de Atalaia do Norte (AM), no dia 17 de julho.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A aeronave UH-12 do EsqdHU-91, que na ocasião estava em Tabatinga (AM), apoiou a Capitania no transporte de um Inspetor Naval e um agente da Polícia Federal até a região do incidente. No local, foram avaliados os danos ambientais e coletadas informações que subsidiarão os inquéritos abertos pela Marinha e Polícia Federal.

Mostra de água foi recolhida pelo militar da CFT para avaliação

Após o recolhimento de mostra da água no local do ocorrido, a Capitania instaurou um Inquérito Administrativo para apurar as causas, circunstâncias e possíveis responsáveis. O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas também foi acionado para a adoção de medidas visando à proteção do meio ambiente.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).