Google News

Uma cerimônia realizada no Quartel-General do Exército nesta sexta-feira, 16, celebrou a Páscoa dos Militares, evento comemorado fora de época pelo Exército por concessão da Igreja. A solenidade religiosa constituiu-se de mensagens proferidas pelo presidente da Cruzada dos Militares Espíritas de Brasília, General de Brigada João Denison Maia Coreia; pelo pastor evangélico, Tenente-Coronel James Vasconcelos Mesquita; e pelo arcebispo do Ordinariado Militar do Brasil, Dom Fernando José Monteiro Guimarães.

Na oportunidade, o Comandante do Exército Brasileiro, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, salientou a importância da celebração. “Esta é uma oportunidade para pensarmos um pouco mais na família, no Exército, num período tão sensível. Mais do que nunca precisamos orar e pedir proteção divina para nossa família, para nossa Força”.

O Comandante também destacou as últimas realizações da instituição, como as tratativas para a escolha da sede da nova Escola de Formação de Sargentos. “Três cidades têm se destacado dentro de um projeto que já se desenha há um ano. E é impressionante o engajamento do poder público no apoio ao empreendimento”.

O General Paulo Sérgio ressaltou, ainda, as atividades realizadas no Comando Militar do Sul relativas à certificação de prontidão de Forças de Paz. “Não tenho dúvidas de que estamos prontos, e se o País decidir retornar às missões de paz, em curto prazo o faremos tão bem como fizemos nos 13 anos em que passamos no Haiti”. O Comandante do Exército também citou o emprego de tropas em contexto de garantia da lei e da ordem na Amazônia; o apoio da instituição no combate à pandemia e em campanhas de doação de sangue e de alimentos; o avanço do projeto Amazônia Conectada, conduzido pelo Departamento de Ciência e Tecnologia; e ações da Secretaria de Economia e Finanças e do Comando Logístico.

Páscoa dos Militares
A Páscoa dos Militares é uma celebração fora de época que existe desde 1945, ano em que os militares brasileiros, por estarem em combate na Segunda Guerra Mundial, não conseguiram celebrar a data dentro do tempo pascal. O objetivo atual da celebração fora da data é conciliar a comemoração da festa religiosa com a atividade militar, muitas vezes comprometida pelas missões e serviços de escala. A comemoração no âmbito do Exército é regulada pela Portaria 14-DGP de 05/03/02 em seu Artigo 13, Inciso I.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui