A cerimônia de premiação do Concurso Literário Amazônia Azul 2023 foi um momento marcante para a literatura jovem, homenageando cinquenta alunos que se destacaram entre os 5693 trabalhos submetidos. A celebração, repleta de reconhecimento e inspiração, foi um testemunho da criatividade e do talento literário emergente.

Presenças Ilustres e Organização

Snapinsta.app 408145088 1021096872281739 6733663810779687029 n 1080

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O evento foi presidido pelo Almirante Paulo Roberto, comandante do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), e contou com a presença do Professor Jorge Alberto, presidente da Academia Irajaense de Letras e Artes (AILA), além dos Comandantes José Monteiro e Cristiane e do Imediato em comando. A colaboração entre a AILA e o CIASC ressalta a importância de incentivar a expressão literária e a conscientização sobre temas nacionais importantes, como a Amazônia Azul.

Reconhecimento e Inspiração

Snapinsta.app 408250356 336719855765092 7288833645662972097 n 1080

A premiação destacou o esforço e a habilidade dos alunos em abordar temas literários, refletindo sobre a rica biodiversidade e importância estratégica da Amazônia Azul. O evento não apenas premiou os jovens talentos, mas também inspirou participantes e convidados, realçando a importância da literatura na educação e na conscientização ambiental.

Impacto Educativo e Cultural

Snapinsta.app 408204508 2625090057667702 4570781492025176911 n 1080

O Concurso Literário Amazônia Azul 2023 é um exemplo de como a literatura pode ser uma ferramenta poderosa para a educação e a promoção da consciência ambiental e cultural. Iniciativas como esta desempenham um papel crucial na formação de jovens escritores e na promoção de uma maior compreensão e apreciação de questões ambientais e culturais.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).