Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações, ao centro, acompanhado do Secretário-Geral da Marinha e demais autoridades

Foi realizada, no dia 2 de junho, no Clube Naval de Brasília, a cerimônia que celebrou o Dia da Ciência, Tecnologia e Inovação na Marinha, comemorado em 22 de abril. Estiveram presentes no evento, organizado pela Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo César Rezende de Carvalho Alvim, o Ministro do Superior Tribunal Militar, Almirante de Esquadra Leonardo Puntel, o Secretário-Geral da Marinha, Almirante de Esquadra Marcelo Francisco Campos, o Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, General de Exército Guido Amin Naves, o Diretor do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo, Vice-Almirante (EN) Guilherme Dionizio Alves, representando o Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Petronio Augusto Siqueira de Aguiar.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

blank
Descerramento da fita inaugural da Exposição “Um Mar Chamado Tempo”

A cerimônia foi marcada pela entrega do Prêmio “Soberania pela Ciência” 2021, e pelo lançamento da 33ª edição da Revista Pesquisa Naval, periódico científico de publicação anual que apresenta à comunidade científica uma coletânea de estudos, desenvolvidos por pesquisadores das áreas científica, tecnológica e de inovação, cujos temas sejam pertinentes às áreas de interesse da Marinha do Brasil.

A premiação, criada pela DGDNTM, com o intuito de reconhecer e premiar o trabalho desenvolvido por pesquisadores e/ou equipes de pesquisa das Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT) da Marinha, foi entregue à autora do trabalho intitulado “Carta Sinótica Meteorológica em Formato Digital Editável: inovação aliada à qualidade subjetiva”, a Capitão de Corveta (T) Flávia Rodrigues Pinheiro, do Centro de Hidrografia da Marinha.

Ainda durante o evento, foi realizada a inauguração da Exposição Itinerante “Um Mar Chamado Tempo: 200 anos de avanços tecnológicos da Marinha do Brasil”, que resgata capítulos importantes da história dos avanços tecnológicos da Marinha ao longo do século XX e destaca a biografia de oito personalidades cujo protagonismo foi decisivo para a evolução da Instituição. Incluindo conteúdos gráficos e audiovisuais, a exposição resgata o legado das pesquisas científicas e inovações que, ao longo do tempo, otimizaram as operações navais, o transporte marítimo e a proteção da costa, além de permitir avanços históricos no campo da energia nuclear, da oceanografia e das comunicações navais.

O Dia da Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha é comemorado em 22 de abril em celebração ao nascimento do seu Patrono, Almirante Álvaro Alberto, responsável pela implementação do Programa Nuclear Brasileiro e idealizador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, além de presidir a Academia Brasileira de Ciências. Respeitado no meio acadêmico, o Almirante Álvaro Alberto sempre defendeu que “o desenvolvimento científico e tecnológico estava intimamente ligado com a prosperidade do País”.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).