Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais recebe novas viaturas operativas

blank
A aquisição das viaturas faz parte do PROADSUMUS

O Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais recebeu, no dia 22 de abril, seis viaturas operativas 5 Toneladas 4×4 UNIMOG U5000, para emprego no Sistema Integrado de Comando e Controle da Marinha do Brasil (SIC2MB). As viaturas fazem parte das plataformas para o funcionamento das atividades de Guerra Eletrônica (GE) e de Comando e Controle (C2) desenvolvidas pela Força.

O SIC2MB, adquirido pelo Corpo de Fuzileiros Navais (CFN), foi concebido para proporcionar o C2 em um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav), nível Unidade Anfíbia. O Sistema contempla uma Companhia de Guerra Eletrônica e uma Bateria de Obuseiros 105 mm, e possui os seguintes módulos: Gerenciamento da Área de Operações (ou campo de Batalha); Guerra Eletrônica; Comunicações; e Artilharia, que são independentes e interoperáveis entre si.

Utilizado pelos GptOpFuzNav nas atividades de Guerra Naval, de Emprego Limitado da Força e Atividades Benignas, o SIC2MB permitirá a consolidação do exercício da Operação em Redes, o reestabelecimento da capacidade de GE de Comunicações e o aumento da precisão do tiro de artilharia, incrementando a consciência situacional e as ferramentas de apoio à decisão.

A aquisição das viaturas UNIMOG U5000, bem como o SIC2MB, faz parte do PROADSUMUS, programa estratégico da Marinha que tem por finalidade garantir a capacidade expedicionária do CFN, restabelecendo e ampliando as capacidades da Brigada Anfíbia, nucleada na Força de Fuzileiros da Esquadra, bem como dos Batalhões de Operações Ribeirinhas, dos Grupamentos de Fuzileiros Navais e dos Batalhões de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica da Marinha.

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui