blank

Google News

No período de 28 de março a 7 de abril, uma equipe de instrutores do Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) participou do Exercício Viking 22, o maior exercício multifuncional de operações de paz do mundo, envolvendo 1750 pessoas, entre militares, policiais e civis, de mais de 40 países.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

O Exercício Viking 22 foi desenvolvido simultaneamente, em cinco países – Brasil, Suécia, Bulgária, Finlândia e Catar –, sendo marcado pela capacitação, cooperação, integração e interoperabilidade entre as Forças Armadas, policiais e civis do Brasil e representantes dos demais países participantes. No Sítio Brasil, atuaram 276 participantes, sendo 179 diretamente ligados ao Exercício, trabalhando de maneira integrada para apresentar soluções para problemas complexos, em um cenário fictício, com situações semelhantes às que acontecem em missões de paz reais. Além desses, 97 pessoas trabalharam no apoio direto, garantindo o pleno funcionamento do cronograma planejado para o treinamento.

Nesta 9ª edição do Exercício Viking, o Brasil compôs, pela segunda vez, o único sítio remoto nas Américas. Participaram do treinamento, no Sítio Brasil, militares de nove países membros da Associação Latino-Americana dos Centros de Treinamento de Operações de Paz (ALCOPAZ) – Brasil, Uruguai, Guatemala, Argentina, Peru, Chile, Bolívia, Equador e México –, além de integrantes da Rede Brasileira de Pesquisa sobre Operação de Paz (REBRAPAZ), da ONU Brasil, de Gana, da França e da Suécia.

A equipe do CCOPAB integrou a Direção Operacional do Exercício no Sítio Brasil (DIREX), compondo a célula de Observação, Treinamento e Mentoria, sendo reforçada por militares do Centro de Adestramento Leste e de unidades da Guarnição de Brasília. Ademais, o Chefe da Divisão de Educação e Treinamento do CCOPAB, Major Rodrigo Berbert Eiras, integrou a equipe da DIREX na Suécia.

Fonte: Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil