Carregamento dos contêineres nas dependências do CDAM

O Centro de Distribuição e Operações Aduaneiras da Marinha (CDAM), sob a coordenação do Centro de Controle de Inventário da Marinha, iniciou, em 21 de junho, o transporte de 848 beliches, doados pela Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), do Rio de Janeiro (RJ) para Manaus (AM), em apoio à Operação “Acolhida”, criada em 2018 para receber com dignidade os migrantes e refugiados venezuelanos que cruzavam as fronteiras com o Brasil.

Cerca de 200 metros cúbicos de material foram acondicionados em quatro contêineres de 40 pés e o transporte será realizado por meio de cabotagem, fazendo uso de contratos mantidos pelo CDAM.

Além da economia de recursos propiciada pela utilização do citado modal de transporte, a atividade, alinhada a iniciativas do Governo Federal de estímulo à navegação por cabotagem, proporciona à Marinha ampliar a expertise na utilização deste modal, aumentando a flexibilidade e a capacidade logística do Sistema de Abastecimento da Marinha, em atendimento às demandas operativas e administrativas das organizações militares localizadas fora da área da cidade do Rio de Janeiro.

blank
Entrega dos contêineres no Terminal de Contêineres do Porto de Itaguaí

O navio com a carga desatracou do Porto de Itaguaí, em 21 de junho, e os contêineres deverão ser entregues na Base da Operação “Acolhida”, em Manaus, até o dia 3 de julho.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui