Entre os dias 14 e 19 de fevereiro, militares do Comando de Fronteira Roraima/7º Batalhão de Infantaria de Selva (C Fron RR/7º BIS), organização militar diretamente subordinada (OMDS) à 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl), realizaram reconhecimento de fronteira (REFRON) entre o município de Uiramutã e a região do Monte Caburaí, no extremo norte do território nacional.

A missão foi atribuída a militares do 6º Pelotão Especial de Fronteira (6º PEF/Uiramutã) e teve por objetivo intensificar a presença do Exército Brasileiro na fronteira entre o Brasil e a Guiana. Após um deslocamento de quatro dias e meio, percorrendo cerca de 160 km, grande parte dos quais por meio de marcha em ambiente de selva, os integrantes da patrulha localizaram o marco de fronteira que identifica o ponto mais ao norte do Brasil.

Na região do Monte Caburaí, os militares do 6º PEF prepararam um local para pouso de helicópteros, permitindo que uma aeronave do 4º Batalhão de Aviação do Exército realizasse a exfiltração aeromóvel da tropa, manobra acompanhada pelo General de Brigada Fructuoso, Comandante da 1ª Bda Inf Sl, e pelo Tenente-Coronel Luis Antônio, Comandante do C Fron RR/7º BIS.

A 1ª Bda Inf Sl tem como missão principal atuar na defesa da Pátria em sua área de responsabilidade. As patrulhas de REFRON inserem-se nesse contexto, possibilitando a constante presença do soldado brasileiro em qualquer parte do território nacional.

Fonte: 1ª Brigada de Infantaria de Selva

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui