Resende (RJ) – O 6º Batalhão de Infantaria Leve participou, na manhã do dia 28 de maio, de uma demonstração do poder de combate da Arma de Infantaria na área de instrução da Academia Militar das Agulhas Negras.

A atividade teve como objetivo comemorar o Dia da Infantaria, ocorrido em 24 de maio. O 6º Batalhão de Infantaria Leve demonstrou o assalto aeromóvel, com a execução de tiros defensivos com os armamentos de dotação da Infantaria Leve, além da peculiar utilização do fogo e movimento dessa que é considerada a “rainha das armas”.

Entre os armamentos empregados, estavam metralhadoras Minimi, morteiros leves, médios e pesados, e fuzis IA2 5,56, armamento com tecnologia 100% nacional.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Além das aeronaves da Aviação do Exército, a demonstração contou com o apoio de viaturas blindadas de transporte de pessoal Guarani.

O Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, destacou a capacidade expedicionária das tropas sediadas no estado de São Paulo e a oportunidade de celebrar o Dia da Arma de Infantaria ao lado dos cadetes da Academia Militar. “Ser infante é ser entusiasmado pelas coisas de soldado, pelas coisas simples”, destacou.

Fonte: Com Soc 6º BIL

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).