blank
Orientação à tropa na Operação “Tsunami de Aço”

Google News

O Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de Aramar realizou, em 24 de março, uma Patrulha de Segurança nas áreas e instalações do Centro Industrial Nuclear de Aramar (CINA), denominada Operação “Tsunami de Aço”. A Operação foi monitorada pelo Comando do Batalhão no Centro de Operações de Segurança (COS) e envolveu um Destacamento da Companhia de Fuzileiros Navais (DstCiaFuzNav), uma Seção de Aeronave Remotamente Pilotada (SçARP) e uma Seção de Cães de Guerra.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

No entorno de todo o perímetro do CINA, o DstCiaFuzNav realizou o levantamento das condições do sistema de barreiras físicas e o monitoramento das áreas adjacentes.

Com o propósito de contribuir para a segurança e ampliar a presença militar no CINA, a Operação “Tsunami de Aço” aumentou o poder dissuasório perante a população local, além de demonstrar a importância desse tipo de ação para a proteção física e o monitoramento das instalações onde estão localizadas as principais Plantas Químicas e Nucleares do Programa Nuclear da Marinha.