O Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais deu início, no dia 8 de abril, ao Estágio de Qualificação Técnica Especial em Artilharia de Campanha para Oficiais (E-QTEsp-Art-Of/2024). Este curso é desenhado para preparar oficiais recém-chegados ao batalhão para uma variedade de funções cruciais, evidenciando a progressiva integração das forças armadas com a moderna dinâmica de combate e reconhecimento.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Aula Inaugural e Visão Estratégica

O estágio foi marcado pela presença da primeira Oficial no Setor Operativo do Corpo

A aula inaugural foi conduzida pelo Comandante da Unidade, que destacou as conclusões essenciais de um Grupo Tarefa do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN). Este grupo analisou as tendências atuais e futuras no uso da Artilharia de Campanha, com base nas discussões do IV Simpósio do CFN em 2023. As funções abordadas no estágio incluem Observador Avançado, Oficial de Ligação de Artilharia, Oficial de Reconhecimento e Topografia, Oficial de Direção de Tiro, e Comandante da Linha de Fogo.

Integração de Talentos Femininos

Um marco particular deste ano é a inclusão da Segundo-Tenente (FN) Helena de Souza Monteiro, que se destaca por ser a primeira Oficial feminina formada na Escola Naval a participar do estágio. Sua presença não só é um testemunho do crescente papel das mulheres nas áreas operativas militares, mas também simboliza um avanço significativo para a igualdade de gênero dentro do Corpo de Fuzileiros Navais.

Estrutura e Importância do Estágio

O estágio, que perdura por oito semanas, é composto por uma série de módulos teóricos e práticos destinados a aprofundar o conhecimento dos oficiais nas técnicas mais avançadas de artilharia de campanha. A estrutura programática é meticulosamente planejada para assegurar que todos os participantes, incluindo a pioneira Helena, estejam aptos a desempenhar suas funções com excelência, contribuindo assim para a eficácia e a prontidão combativa do batalhão.

Futuro do Estágio e Perspectivas

Este estágio não apenas fortalece a capacitação do Batalhão de Artilharia, mas também serve como um vetor para a modernização das práticas militares do CFN, integrando novas perspectivas e competências que são essenciais no contexto de combate atual. A participação de uma oficial feminina como a Segundo-Tenente Helena não somente quebra barreiras tradicionais, mas também inspira futuras gerações a contribuir de maneira significativa para a defesa e segurança nacional.