Atividades de sondagem permitirão confecção de documentos cartográficos

O Aviso Hidroceanográfico Fluvial “Rio Solimões”, subordinado ao Centro de Hidrografia e Navegação do Noroeste (CHN-9), está realizando atividades de sondagem no Rio Branco, nas proximidades da cidade de Caracaraí (RR), em cumprimento ao III Plano Cartográfico Náutico Brasileiro (III PCNB). A comissão compreende também a sondagem na confluência entre os rios Negro e Branco, em atendimento ao Programa Pró-Amazônia Azul. O navio partiu de Manaus (AM), no dia 1° de junho, dando início à comissão que seguirá até 15 de julho.

Os Levantamentos Hidrográficos (LH) realizados pela Marinha no Rio Branco gerarão subsídios para a confecção de documentos cartográficos, em cumprimento ao III PCNB, contribuindo para o estabelecimento de uma rota segura às embarcações, devido às alterações constantes de batimetria e das margens dos rios na região Amazônica.

A realização da sondagem permite o conhecimento das características do rio e reforça o compromisso da Marinha de estar presente nos locais mais longínquos da Amazônia Brasileira. A ação contribuirá para o desenvolvimento socioeconômico e de infraestrutura dos municípios e cidades da área, como Santa Maria do Boiaçu e Caracaraí, facilitando as relações comerciais por via fluvial dessas cidades com outros estados e, até mesmo, com outros países, possibilitando a geração de emprego e renda para a população local.

Os LH realizados pelos meios subordinados ao CHN-9 constituem um trabalho técnico, de alta complexidade, que contribui para o aumento da segurança da navegação e desenvolvimento econômico da Amazônia Ocidental.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui