Um treinamento inovador foi concluído com sucesso entre os dias 26 e 30 de novembro, marcando um avanço significativo na capacidade operacional da Força Aérea Brasileira (FAB). Realizado pelo Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT) – Esquadrão Gordo, em colaboração com o Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT) – Esquadrão Zeus, e o Comando de Operações Especiais (COpEsp) do Exército Brasileiro (EB), o exercício validou operacionalmente o uso do sistema Continuous Computed Drop Point (CCDP) na aeronave KC-390 Millennium.

Inovação Tecnológica no Lançamento Aéreo

20231128 153319

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O CCDP, um algoritmo avançado integrado ao Flight Management System (FMS) militar da aeronave, calcula trajetórias de carga pessoal durante o lançamento aéreo. Este sistema utiliza um modelo computacional para maior precisão, substituindo as tabelas pré-calculadas tradicionalmente usadas.

Segurança e Eficiência Confirmadas

A validação da eficiência e segurança do lançamento eletrônico de pessoal pelo KC-390 Millennium foi confirmada após análises comparativas meticulosas. O Capitão Aviador Felipe Macedo da Cruz, Chefe da Seção de Segurança de Voo do Esquadrão Gordo, destacou a importância do algoritmo CCDP, enfatizando sua contribuição para a redução de riscos operacionais e a melhoria da segurança nas operações aéreas.

Atualização Doutrinária e Capacidade Operacional

O exercício não apenas testou a tecnologia, mas também atualizou a doutrina nas unidades operadoras do KC-390 Millennium e do EB, responsáveis pelo lançamento de paraquedistas. Com isso, o lançamento eletrônico de pessoal passa a integrar de forma efetiva as operações da FAB, fortalecendo a capacidade operacional e a eficácia das missões.