Google News

Depois de 72 anos de existência, o Colégio Naval aceitará estudantes mulheres pela primeira vez. Sediado em Angra dos Reis (RJ) é considerado uma instituição de ensino de elite, mas o Colégio Naval só aceitava candidatos homens e que cumprissem uma série de requisitos.

Responsável pela instituição de ensino, a Marinha decidiu aceitar mulheres após acordo com procuradores do Ministério Público Federal (MPF) do Distrito Federal. Conforme planejamento da Força e o acordo homologado, está previsto o ingresso de alunas do sexo feminino no Colégio Naval em 2023.

O ingresso no Colégio Naval se dá por meio de concurso.

Fonte: Estadão e CCSM

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui