Cerimônia de Mostra de Desarmamento do Navio de Socorro Submarino “Felinto Perry”

O Navio de Socorro Submarino “Felinto Perry” deixou o serviço ativo da Marinha do Brasil, no dia 14 de dezembro. A Cerimônia de Mostra de Desarmamento foi realizada na Base Almirante Castro e Silva (BACS), presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Claudio Portugal de Viveiros.

Durante o evento, que respeitou os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19, foi arriada a bandeira de faina do “Às de Copas”, sendo entregue por seu último Comandante, Capitão de Fragata Marcos Paulo Beal, ao primeiro Comandante do NSS “Guillobel”, Capitão de Fragata Albino Manoel Borges Santos. Caberá ao K-120 manter o alto nível das atividades de socorro submarino, realizadas de forma competente pelo seu antecessor, durante 32 anos.

Também prestigiaram a cerimônia o Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Alipio Jorge Rodrigues da Silva, o Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, e o Comandante da Força de Submarinos, Contra-Almirante Thadeu Marcos Orosco Coelho Lobo, além do primeiro Comandante do “Felinto Perry”, Capitão de Mar e Guerra (RM1) Chrysógeno Rocha de Oliveira.

Entre as muitas operações realizadas pelo NSS “Felinto Perry”, destacam-se a primeira Operação SUBSAR, realizada com acoplamento do Sino de Resgate Submarino, que proporcionou maior segurança para as tripulações de submarinos; participações na Operação “Antártica”; e mais recentemente, no apoio às buscas pelo submarino argentino ARA “San Juan”, apresentando internacionalmente sua principal característica, a prontidão.

No total, perfez 1797 dias de mar, navegando 189.483 milhas náuticas. Marcas expressivas, que dimensionam a relevância deste meio para o setor operativo.

Fonte: Marinha do Brasil

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui