blank

Google News

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 14 de junho, o curso de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) para sargentos, realizado na Escola de Instrução Especializada (EsIE), participou de uma instrução no Instituto de Biologia do Exército (IBEx).

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

O Instituto é a organização militar que presta a assessoria científica, na área de biologia, às demais organizações operacionais do Sistema de DQBRN do Exército (SisDQBRNEx).

Durante a visita, os alunos tiveram uma palestra no setor de ensino de Defesa Biológica onde conheceram as instalações e o fluxograma do processamento das amostras.

Conheceram, também, o laboratório com nível de segurança 3 (NB3), credenciado pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança, equipado para a manipulação e análise de agentes biológicos elencados na classe de risco 3, bem como o laboratório de NB2, com equipamentos para a realização de pesquisa científica e o diagnóstico molecular, em especial, dos agentes com potencial para uso como armas biológicas.

Ao término da atividade, na mais recente instalação de anatomia patológica, a Terceiro-Sargento Nicole Cristina de Oliveira, primeira militar do sexo feminino a realizar o curso combatente de DQBRN, realizou os agradecimentos em nome da EsIE.

Fonte: EsIE