O povo gaúcho enfrenta um momento desafiador devido às recentes enchentes, e a solidariedade de todos é crucial para superar essa adversidade. As doações estão chegando rapidamente, e a eficácia na organização e distribuição desses recursos vitais depende fortemente do trabalho dedicado dos voluntários. Neste cenário, a campanha “MS Pela Vida” está convocando cidadãos dispostos a contribuir com seu tempo e esforço para ajudar no Centro Albano Franco.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Importância do Voluntariado

Voluntários desempenham um papel vital em situações de emergência, ajudando a categorizar, organizar e entregar doações que incluem alimentos, roupas, medicamentos e outros suprimentos essenciais para as vítimas das enchentes. Ao se voluntariar, você não apenas oferece apoio logístico, mas também leva esperança e conforto para aqueles que enfrentam tempos incertos.

Como se Tornar um Voluntário

Para aqueles interessados em fazer a diferença, o processo de inscrição é simples. Basta acessar o link MS Pela Vida – Seja Voluntário e preencher o formulário de inscrição. Os voluntários receberão treinamento adequado para garantir que sua contribuição seja eficaz e segura, respeitando todas as normas de saúde e segurança vigentes.

Chamado à Ação

Agora é um momento crucial para mostrar solidariedade e compaixão. Sua participação como voluntário pode trazer uma mudança significativa para as vidas de muitas pessoas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Junte-se à iniciativa MS Pela Vida e ajude a garantir que as doações cheguem às mãos daqueles que mais precisam.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).