Banda de Música da EAMES, formada pelos Aprendizes da Turma PAPA/2023, realizou uma apresentação durante a visita

A Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES), sempre atenta às necessidades da comunidade que a rodeia, realizou em 03 de julho, uma ação de grande impacto social. A instituição conseguiu arrecadar e entregar 250 quilos de gêneros alimentícios não perecíveis. Esses alimentos foram coletados durante a IX Rústica Natatória Almirante Tamandaré, um evento que, além de promover o esporte, tem um profundo senso de responsabilidade social.

A Beneficiária da Ação: Creche Tia Loura

A beneficiária dessa generosidade foi a Creche Tia Loura, localizada no bairro de Morada da Barra, região metropolitana da cidade de Vila Velha. Esse projeto social, que há 25 anos oferece suporte a aproximadamente 170 famílias da região, por meio de trabalho independente e voluntário, foi o destino escolhido para a entrega dos alimentos. Assim, a EAMES mais uma vez cumpriu seu papel de instituição não só formadora de marinheiros, mas também de cidadãos conscientes e solidários.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Música e Interação: A Banda da EAMES

Mas a ação não se resumiu à entrega dos alimentos. A Banda de Música da EAMES, formada pelos Aprendizes da Turma PAPA/2023, esteve presente no local e proporcionou um momento especial para as crianças da creche e seus responsáveis. Os jovens músicos, com seus instrumentos e suas canções, conseguiram trazer alegria e diversão para o ambiente, interagindo de maneira significativa com todos presentes.

Impacto e Futuro

Essa entrega representa muito mais do que apenas a doação de alimentos. É um símbolo do compromisso da EAMES com a comunidade e um lembrete do poder que o ato de dar tem de unir as pessoas. As ações de solidariedade da Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo certamente não se encerram aqui, e podemos esperar mais iniciativas inspiradoras no futuro.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).