Google News

A votação do projeto de lei que inscreve João Cândido Felisberto no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria (PLS 340/2018) teve a votação adiada a pedido do senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Ele explicou que a Marinha vai apresentar documentos sobre o tema. O relator da proposta, senador Paulo Paim (PT-RS), disse que o chamado Almirante Negro foi líder da Revolta da Chibata, uma mobilização de marinheiros, em sua maior parte, negros, em 1910, contra os castigos corporais aplicados na Marinha. Para o senador Flávio Arns (Rede-PR), o Brasil precisa pedir desculpas por erros do passado. A proposta deverá voltar à pauta na próxima reunião da Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Fonte: Agência Senado