Em um evento significativo para as Forças Armadas Brasileiras, a Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, Rio de Janeiro, foi palco da cerimônia do Aspirantado 2023. Neste sábado (25), 412 cadetes se formaram, recebendo a espada de oficial do Exército Brasileiro (EB), um símbolo da honra militar. O evento contou com a presença do Ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, e do Comandante do Exército, General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva.

Entrega da Espada de Oficial e Reconhecimento dos Formandos

721ed30d cce6 471b 92e1 16edec08b8b1

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Durante a cerimônia, os cadetes, após devolverem os espadins que carregaram desde o primeiro ano de formação, receberam a espada de oficial. O primeiro colocado da turma teve a honra de receber a espada diretamente das mãos do Ministro da Defesa, que expressou sua confiança e congratulações aos formandos.

Formação Militar Preparando para Novos Desafios

O Ministro enfatizou a qualidade da formação militar recebida pelos cadetes na Aman, ressaltando que eles estão agora capacitados para enfrentar novos e desafiadores campos de batalha, sempre com o foco na defesa do país. A formatura representa um marco na carreira desses novos oficiais, marcando o início de uma jornada profissional dedicada à nação.

Participação de Cadetes de Nações Amigas

A turma “Centenário da Missão Militar Francesa no Brasil” contou com a presença de cadetes de várias nações, incluindo Camarões, Moçambique, Namíbia, Panamá, Senegal e Vietnã, demonstrando a relevância internacional da formação na Aman e a cooperação militar entre o Brasil e outros países.

Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).