No dia 15 de outubro, o 40º Batalhão de Infantaria (40º BI), Batalhão Sertão, “Guardião das Tradições do Brigadeiro Antônio de Sampaio” realizou seu adestramento nível unidade com um exercício na localidade de Poty, distrito da cidade de Crateús/Ce.

A atividade de campo envolveu a 1º Companhia de Fuzileiros, em um contexto tático de um combate convencional. Constou de uma marcha para o combate e de um ataque a uma posição defensiva inimiga, figurada por uma força oponente (ForOp), representada pela companhia de comando e apoio, e o isolamento da comunidade de Poty, ficando em condições de prosseguir para o cumprimento de missões futuras.

O exercício teve como objetivo verificar o desempenho técnico e profissional das frações constituídas, como também, preparar o Batalhão Sertão para a Operação SUÇUARANA IX, a ser desenvolvida pela 10ª Região Militar.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A atividade cumpriu rigorosamente todas as medidas de enfrentamento ao COVID-19.

Fonte: 40º Batalhão de Infantaria

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).