Corumbá (MS) – No dia 13 de junho, o 17º Batalhão de Fronteira (17º B Fron) realizou a cerimônia de reabertura do Forte Junqueira ao público. O patrimônio passou por um processo de manutenção na alvenaria e rede elétrica, foi executado também um projeto de iluminação, que visa valorizar a fortificação.

O Forte Junqueira está inserido no roteiro turístico da cidade de Corumbá, representa a perseverança do povo corumbaense, pois fez parte de uma rede de fortificações construídas após a Guerra da Tríplice Aliança nos anos de 1871 a 1872, sua construção fomentou o crescimento econômico local através do princípio da segurança.

Foram realizadas as seguintes atividades: formatura geral, visitação a fortificação e ao Mirante Pantaneiro. A solenidade contou com a presença do Comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Pantanal, General de Brigada Marcelo Zanon Harnisch, do Comandante do Batalhão, de representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Fundação de Turismo do Pantanal, Fundação de Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, visitantes e empresas ligadas ao turismo local.

Fonte: 17º B Fron

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui