blank

Google News

No período de 10 a 15 de outubro, a 10ª Brigada de Infantaria Motorizada (10ª Bda Inf Mtz) realizou a fase da simulação viva da certificação da Força de Prontidão (FORPRON) da Força-Tarefa do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (FT 71º BI Mtz). Com isso, conquistou sua certificação no Sistema de Prontidão (SISPRON) operacional do Exército Brasileiro.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Metodologia
A 10ª Bda Inf Mtz foi submetida a metodologia para compor o SISPRON, que prevê um ciclo que gira em torno de 12 meses, dividido em três fases: preparação, certificação e prontidão.

Na fase de preparação, com duração de três meses, os efetivos selecionados, todos profissionais, são submetidos a uma sequência de instruções, como a realização de todas as séries de tiro individual e com armamentos coletivos, o adestramento enquadrado em uma fração singular ou em um sistema de armas, o reforço no treinamento físico militar e a reciclagem de instruções básicas (primeiros socorros, orientação, camuflagem), entre outras. Após a conclusão desse período, as tropas estão aptas para a fase seguinte.

A fase de certificação foi subdividida em três subfases. Na primeira, a simulação construtiva, também chamada de “jogo de guerra”, com duração de uma semana, ocorreu o exercício de certificação do estado-maior da brigada e de suas organizações militares em Recife, e também no Centro de Adestramento-Leste (CA-Leste). Na oportunidade, o comandante da brigada e os comandantes de unidades, com seus respectivos estados-maiores, foram submetidos a um exaustivo processo de verificação da adequação de suas manobras, planejadas para uma missão de combate específica. Dessa forma, o planejamento e a tomada de decisões no nível grande unidade e unidade foram postos à prova. Na segunda subfase, a simulação virtual, ocorrida no 71º BI Mtz, em Garanhuns, entre os dias 4 e 8 de outubro, os comandantes das pequenas frações realizaram treinamentos e ensaios das ações táticas de modo virtual. Na terceira subfase, a simulação viva, que se iniciou com um apronto operacional no dia 11 de outubro, no 71º BI Mtz, a FT 71º BI Mtz seguiu para o exercício de campanha no município de Correntes, região agreste pernambucana. Naquela região, a tropa realizou diversas ações táticas de ataque e defesa contra uma força oponente, em um contexto de operações de Defesa da Pátria. Os comandantes das frações foram arbitrados por observadores e controladores de adestramento, auxiliados pelo uso do Dispositivo de Simulação de Engajamento Tático (DSET), o que trouxe um verdadeiro ganho para o adestramento da tropa, graças ao realismo proporcionado por esse equipamento. Essa última fase finalizou em 15 de outubro, com a realização da análise pós-ação, no auditório do 71º BI Mtz.

Ao término da fase de certificação, a tropa é considerada certificada e entra na fase da prontidão operacional. Nessa fase, a FT 71º BI Mtz realizará a capacitação tática e técnica do efetivo profissional e a manutenção de padrões até que haja o acionamento para emprego real ou o treinamento para verificação do estado de prontidão. Esse treinamento está previsto para ocorrer por ocasião da Operação Carcará XVI, no período de 25 de outubro a 3 de novembro, na região de Garanhuns (PE). Ao término do período de prontidão da FT 71º BI Mtz, será a vez do ciclo de prontidão do 72º BI Mtz, com a fase de preparação da tropa a partir de maio de 2022.

Força-Tarefa
A Força-Tarefa do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (FT 71º BI Mtz) foi composta por integrantes do 14º Batalhão de Infantaria Motorizado (14º BI Mtz); do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º BI Mtz); do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (72º BI Mtz); do 7º Grupo de Artilharia de Campanha (7º GAC); do 14º Batalhão Logístico (14º B Log); do 10º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado (10º Esqd C Mec), reforçado por um pelotão do 16º Regimento de Cavalaria Mecanizado; da 10ª Companhia de Engenharia de Combate (10ª Cia E Cmb); da 7ª Companhia de Comunicações (7ª Cia Com); da Companhia de Comando da 10ª Bda Inf Mtz  e do 10º Pelotão de Polícia do Exército (10º Pel PE).

Fonte: 10ª Brigada de Infantaria Motorizada