Google News

A trajetória do fascinante asteroide Apophis e o seu risco de impacto com a Terra são acompanhados de perto desde sua descoberta em 2004. Em março e abril deste ano foram observadas pela primeira vez ocultações de estrelas pelo asteroide Apophis. Essas observações envolveram pesquisadores do Observatório de Paris (França), Observatório Nacional (ON/Brasil) – unidade de pesquisa subordinada ao MCTI – e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR/Brasil), dentre outros, e fazem parte do Projeto ERC Lucky Star, com colaboração de várias equipes de astrônomos profissionais e amadores.

Tais ocultações tiveram um papel relevante na melhoria da órbita do Apophis, e por consequência, para confirmar que o asteroide não apresenta perigo para a Terra nos próximos 100 anos. Para esclarecer mais sobre o assunto, o Observatório Nacional entrevistou o pesquisador Bruno Eduardo Morgado, doutor em Astronomia pelo ON/MCTI.

Confira a entrevista em gov.br/observatorio

Fonte: ON/MCTI

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui