Foto: Cortesia/ Japan 5th Regional Coast Guard H.Q.

Um submarino japonês colidiu com um navio comercial enquanto tentava emergir na costa do Pacífico do país nesta segunda-feira (8), disseram autoridades governamentais.

Três membros da tripulação do submarino da Força de Autodefesa Marítima Soryu sofreram ferimentos leves, e as fotos da Guarda Costeira japonesa mostraram que o veículo sofreu danos a seus aviões fairwater (aviões de mergulho), as estruturas em forma de asa em sua torre de comando.

O Soryu, comissionado em 2009, é o primeiro em sua classe de submarinos elétricos a diesel japoneses. Ele desloca cerca de 3.000 toneladas e tem uma tripulação de cerca de 65 pessoas.

O Ministério da Defesa disse que o equipamento de comunicação do submarino também foi danificado, embora ainda possa operar.

“Soryu raspou o casco do navio enquanto ele voltava à superfície. É extremamente lamentável que o submarino MSDF tenha colidido com um navio comercial”, disse o ministro da Defesa, Nobuo Kishi.

O acidente ocorreu na ilha principal de Shikoku, no sul do Japão, disse o Ministério da Defesa.

O navio comercial não relatou danos, acrescentaram oficiais da Guarda Costeira. A mídia japonesa informou que o navio pode ter sido o Ocean Artemis, um graneleiro com bandeira de Hong Kong.

Bradley Martin, analista da RAND Corp e ex-capitão da Marinha dos EUA que analisou as imagens dos danos, disse que o impacto provavelmente restringirá as capacidades do submarino.

“Eu não chamaria o dano de ‘menor’. O submarino não pode mergulhar e não pode se comunicar “, disse Martin em um e-mail para a CNN.

Fonte: CNN Brasil

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui