Brasília (DF) – Na manhã desta sexta-feira, dia 19, foi inaugurada a “Alameda dos Próceres da Independência”, em frente ao Quartel-General (QG) do Exército, o Forte Caxias. O caminho que liga a Concha Acústica ao bloco A do QG passa a contar com uma homenagem aos heróis da Independência do Brasil e de nações amigas. Ao todo, são 13 bustos e uma chama que representa o soldado desconhecido, uma referência a todos os exércitos que não tenham a figura do herói personificada na alameda.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do Comandante do Exército, General de Exército Marco Antônio Freire Gomes, do antigo comandante, General de Exército Edson Leal Pujol e oficiais-generais e militares da guarnição de Brasília.

O General Freire Gomes passou a palavra para o General Leal Pujol, quem ele considera ser o mentor da homenagem. “Esse espaço será muito valorizado, principalmente, quando autoridades estrangeiras, militares e civis, visitarem o Forte Caxias. Eles poderão ver o que o Exército mantém a força da integração da América”, destacou o antigo comandante.

A cerimônia faz parte das comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil (1822-2022), a ser festejado no próximo dia 7 de setembro. A alameda procura homenagear os bravos homens que não mediram esforços diante dos desafios da garantia da liberdade.

Homenageados:
Luís Alves de Lima e Silva (Duque de Caxias) – Patrono do Exército Brasileiro
George Washington – Estados Unidos da América
José Gaspar Rodríguez de Francia – Paraguai
Simón Bolívar – Venezuela e Colômbia
José Francisco de San Martín – Argentina e Peru
Francisco José de Paula Santander – Colômbia
Miguel Hidalgo  – México
Antônio José de Sucre – Equador
José Miguel García Lanza – Bolívia
José Gervásio Artigas – Uruguai
Dom Pedro I – Proclamador da Independência do Brasil
José Bonifácio de Andrada – Patriarca da Independência do Brasil
Chama do Soldado Desconhecido

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército
Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui