A Associação das Indústrias Aeroespaciais do Brasil (AIAB) realizou um painel influente em São José dos Campos, trazendo especialistas e autoridades para discutir os desafios e oportunidades na aviação do futuro. O evento ocorreu na última sexta-feira e foi um marco importante para o setor aeroespacial, reunindo nomes como Tiago Pereira, presidente da ANAC; Larissa Querino, especialista em indústria de Defesa; a vice-reitora do ITA, Profª. Drª. Emília Villani; Osório Coelho do MCTI; e Maurílio Albanese, diretor de Desenvolvimento Tecnológico da Embraer.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Debates sobre Tecnologia e Regulação

blank

Os debates se concentraram nas tecnologias emergentes no setor aeronáutico, como aviação autônoma e propulsão elétrica, e a importância de estabelecer regulamentações claras para integrar essas novidades de forma segura na mobilidade urbana. Tiago Pereira destacou a transição para combustíveis sustentáveis como uma mudança significativa, sublinhando as oportunidades que isso pode abrir globalmente.

Fomento à Inovação e Desenvolvimento de Talentos

Osório Coelho abordou os esforços recentes do governo brasileiro em programas de fomento à pesquisa e inovação tecnológica, enquanto Emília Villani enfatizou a necessidade de uma colaboração mais estreita entre universidades, indústrias e governo para manter e desenvolver talentos no Brasil. A discussão também ressaltou a importância dos investimentos em educação e inovação como pilares para a competitividade global da indústria aeroespacial brasileira.

Políticas Industriais e Perspectivas Futuras

Letícia Querino da ABDI lembrou da necessidade de políticas industriais robustas para orientar o desenvolvimento setorial, especialmente em setores de alta tecnologia como a aeroespacial. Maurílio Albanese, representando a Embraer, discutiu as expectativas para a “Terceira Era da Aviação” com a introdução de combustíveis sustentáveis e aviação autônoma, destacando a criatividade dos engenheiros brasileiros diante desses desafios.

Compromisso com a Aviação Sustentável e Inovadora

O evento reiterou o compromisso da AIAB e dos participantes em direcionar a aviação para um futuro mais sustentável e inovador. A discussão gerada no painel oferece uma visão clara dos passos que o Brasil está tomando para se posicionar como líder no setor aeroespacial, definindo padrões que poderão ser seguidos por outros países e garantindo uma vantagem competitiva no mercado global.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).