Ozires Silva é o primeiro brasileiro a receber a medalha Daniel Guggenheim

Ozires Silva, um dos fundadores da Embraer e que completou 90 anos de idade no dia 8 de janeiro, tornou-se o primeiro brasileiro a ganhar a Medalha Daniel Guggenheim, um dos prêmios internacionais mais significativos do mundo para a engenharia aeronáutica. O anúncio veio em nota do Instituto Americano de Aeronáutica e Astronáutica (AIAA).

A Medalha Daniel Guggenheim foi criada em 1929 para homenagear os inovadores que alcançaram realizações notáveis ​​no avanço da aeronáutica. A medalha é patrocinada conjuntamente pelo Instituto Americano de Aeronáutica e Astronáutica (AIAA), Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos (ASME), SAE International (originalmente a Society of Automotive Engineers) e a Vertical Flight Society (originalmente American Helicopter Society).

A lista dos reconhecidos inclui pioneiros da aviação e profissionais que dedicaram suas vidas ao desenvolvimento aeronáutico ao longo da história. Alguns destaques de destinatários anteriores incluem William E. Boeing, Lawrence D. Bell, Leroy R. Grumman, Igor Sikorsky, Charles Lindbergh, James S. McDonnell e Marcel Dassault, entre outros.

“Este distinto reconhecimento a Ozires Silva reflete suas contribuições inovadoras e excepcionais para a aviação. Sua paixão, coragem e liderança abriram caminho para que a Embraer se expandisse de maneiras que poucos imaginavam, transformando a aviação regional e levando nossa empresa a ser admirada globalmente. É uma honra e um grande privilégio para mim e todos os meus colegas da Embraer sermos inspirados todos os dias por sua visão pioneira e espírito inovador”, disse Francisco Gomes Neto, Presidente e CEO da Embraer.

Trajetória

Ozires Silva foi um dos criadores da Embraer, em 1969 e esteve no comando da empresa até 1986, transformando-a em uma das maiores companhias da indústria aeronáutica mundial e grande orgulho do Brasil.

Desde a juventude, a trajetória de Ozires Silva foi marcada pela perseverança, pelo empreendedorismo e pela visão de futuro. Nascido em Bauru, interior de São Paulo, em 8 de janeiro de 1931, se mostrou logo um jovem inteligente, corajoso e sonhador. Mas uma espécie especial de sonhador: daqueles que fazem os sonhos se tornarem realidade.

Aos 17 anos, entrou para a Escola da Aeronáutica, da Força Aérea Brasileira (FAB), no Rio de Janeiro. Quatro anos depois, já era piloto militar licenciado. Em 1959, mudou-se para São José dos Campos, também no interior de São Paulo, onde ingressou no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Três anos depois, graduou-se em Engenharia Aeronáutica e logo em seguida passou a comandar o Departamento de Aeronaves do então Centro Técnico de Aeronáutica (CTA).

O sucesso de um avião eficiente e adequado a um Brasil em crescimento, mas ainda carente de uma boa infraestrutura aérea, o impulsionou a criar, com outro grupo de empreendedores audazes, a Embraer. Nos 17 anos em que esteve à frente da companhia, foi responsável por transformá-la em referência mundial, Ele também comandou empresas gigantescas como a Petrobras e a Varig. Foi também Ministro da Infraestrutura e Comunicações do governo Collor.

Confira todas as novidades das empresas da BIDS

Fique informado sobre as ações das nossas Forças Armadas e de segurança

O post Ozires Silva é o primeiro brasileiro a receber a medalha Daniel Guggenheim apareceu primeiro em PortalBIDS.



Fonte: Portal BIDS

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.