Athabasca (Canadá) – No dia 26 de julho, o Capitão Matheus Carvalho Moretto, do Exército Brasileiro, concluiu com aproveitamento o curso de Complex Terrain Leader (CTL), do Canadian Army Advanced Warfare Centre (CAAWC), centro de excelência do Exército Canadense que capacita militares para operações em ambiente de montanha. O curso, com duração de 2 meses, iniciou-se com 20 alunos, dos quais 11 obtiveram êxito.

O curso é estruturado em 4 fases: equipagem de vias e resgate, instalações urbanas, escalada em rocha e fase alpina. Os militares que concluem o treinamento tornam-se capazes de atuar em locais que restringem a locomoção normal das tropas, facilitando sua passagem em ambientes montanhosos, urbanos e alpinos. Dentre as principais capacitações do Líder em Terrenos Complexos, destacam-se as habilidades de escalada, rapel, navegação, montagem de instalações com corda e evacuação de feridos.

A atividade de conclusão do curso ocorreu na própria geleira de Athabasca, com representação do comando do CAAWC. O Canadian Army Advanced Warfare Centre tem como missão apoiar a geração e emprego de tropas para o combate, também sendo considerado centro de excelência para cursos de paraquedismo, operações aeromóveis, operações em montanha, precursor paraquedista e de dobragem e manutenção de paraquedas.

Fonte: 11º Batalhão de Infantaria de Montanha

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui