Entre os dias 22 de abril e 02 de maio, o Navio Patrulha Oceânico “Amazonas” (P-120), subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, realizou a 130ª Expedição Logística “POIT-II” na Ilha da Trindade. Essa missão marca o início do translado dos materiais necessários para a instalação de placas fotovoltaicas na ilha, um passo significativo rumo à sustentabilidade energética em regiões isoladas do Brasil.

Convênio para Energia Limpa

O projeto de instalação das placas fotovoltaicas é resultado de um convênio firmado em 05 de janeiro de 2023 entre a Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM) e a Itaipu Binacional. Sob o título “Segurança e Eficiência Energética em Ilhas Oceânicas”, o acordo visa a instalação de sistemas de energia solar, substituindo equipamentos antigos por outros mais eficientes, como plantas frigoríficas, cabrestantes e chuveiros modernos. Essa iniciativa é projetada para reduzir o consumo de óleo combustível na Ilha da Trindade em aproximadamente 90%.

Apoio a Projetos Ambientais e Capacitação da Tripulação

blank
NPaOc fundeado nas proximidades da Ilha da Trindade

Além de transportar os materiais para a instalação das placas fotovoltaicas, o NPaOc “Amazonas” também apoiou diversos projetos de monitoramento, recuperação e proteção do ecossistema local na Ilha da Trindade. Durante a expedição, a tripulação do navio participou de uma série de adestramentos essenciais para sua qualificação e prontidão operacional. Foram realizados exercícios de tiro com armas fixas e portáteis, exercícios com pirotécnicos, treinamentos de Controle de Avarias (CAv) e adestramentos para a Equipe de Manobra e Crache (EQMAN).

Patrulha Naval e a Proteção da “Amazônia Azul”

A expedição incluiu também operações de Patrulha Naval (PATNAV) nos limites da chamada “Amazônia Azul”, área de grande importância estratégica e econômica para o Brasil. Essas operações são cruciais para garantir a soberania e a preservação das riquezas marinhas brasileiras, reforçando a importância da presença naval em regiões remotas e protegendo os interesses nacionais no mar.

Compromisso com a Sustentabilidade e Segurança

A instalação das placas fotovoltaicas na Ilha da Trindade representa um marco na busca por soluções sustentáveis e eficientes para o fornecimento de energia em áreas remotas. O apoio do Navio Patrulha Oceânico “Amazonas” é fundamental para a concretização desse projeto, demonstrando o compromisso da Marinha do Brasil com a inovação tecnológica e a preservação ambiental.

Impacto Positivo no Ecossistema Local

O projeto não apenas promove a sustentabilidade energética, mas também reforça os esforços de conservação do ecossistema único da Ilha da Trindade. A redução do uso de combustíveis fósseis contribuirá para a diminuição das emissões de carbono e outros poluentes, beneficiando diretamente a fauna e a flora locais, além de servir como um modelo de sustentabilidade para outras ilhas e regiões costeiras do Brasil.

Apoio à Comunidade Científica

A expedição também proporcionou suporte logístico a projetos científicos realizados no arquipélago, facilitando a coleta de dados e a realização de pesquisas essenciais para o entendimento e a preservação do meio ambiente. Esse suporte é crucial para o desenvolvimento de estratégias de conservação e para o monitoramento das mudanças ambientais na região.