blank
Patrulha Naval conduzida na área da Plataforma Merlusa, a 100 milhas do litoral de São Paulo

O Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste realizou a apreensão de duas embarcações pesqueiras, com emprego do Navio-Patrulha (NPa) “Guajará, nos dias 22 e 23 de março.

O NPa “Guajará” recebeu informações da aeronave “Poseidon” do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis sobre a presença de embarcações na área da Plataforma Merlusa. Ao aproximar-se, o navio avistou as embarcações e constatou a invasão da área de segurança da plataforma, excesso de carga e inoperância do sistema de rastreamento, configurando perigo à navegação.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

blank
Apreensão do pescado irregular

Os dois pesqueiros, com 60 toneladas de pescado irregular, foram escoltados até o Cais da Capitania dos Portos de São Paulo em Santos (SP), onde a carga foi apreendida e as embarcações notificadas.

Fonte: Marinha do Brasil