O Ministro da Defesa visitou, nesta quinta-feira (11), o Centro Regional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) em Belém (PA). O objetivo foi conhecer o trabalho desenvolvido pelo órgão nas áreas de análise de imagens, monitoramento de eventos extremos e de ilícitos, meteorologia e hidrologia, bem como o apoio a órgãos públicos.

Durante a visita, o Ministro acompanhou um acionamento das equipes de combate ao fogo do estado do Pará, via Painel do Fogo – software lançado pelo Censipam que auxilia na escolha de melhores estratégias no combate a incêndios florestais. A ação faz parte de uma força-tarefa da Operação Guardiões do Bioma, realizada entre os dias 8 e 12 de agosto. Na ocasião, também foram apresentadas as novas funcionalidades da ferramenta, como o painel de indicadores e o aumento da frequência de dados de eventos de fogo a partir da integração de dados de satélites de órbita polar e geoestacionários.

Outro produto apresentado ao Chefe da Pasta foi o Sistema Integrado de Monitoramento e Alerta Hidrometeorológico (SIPAMHidro). A plataforma auxilia no acompanhamento das condições hidrometeorológicas da região e de possíveis situações de desastres. Entre os módulos operacionais do projeto, estão informações como nível dos rios e estimativa de chuva. O módulo enchente e inundação tem expectativa de alcançar 63 municípios da Amazônia Legal até 2023.

O Ministro conheceu, ainda, o Projeto Amazônia SAR e o Plano de Trabalho junto à Marinha do Brasil, para análise de imagens dos satélites da Força Aérea Brasileira (FAB) quanto ao monitoramento da superfície terrestre e marítima. Ambos os projetos recebem contribuições da Universidade de Brasília (UnB) para a aplicação de técnicas de inteligência artificial, identificando feições de interesse do Censipam.

Por Censipam
Foto: Divulgação

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui