Militares do Comando Militar do Planalto que integraram Operação Acolhida desembarcam em Brasília

blank

Na bagagem, a experiência de uma missão humanitária. No coração, a saudade da família e a certeza do dever cumprido. Sentimentos presentes no desembarque dos militares do Comando Militar do Planalto (CMP) do 9º Contingente da Força-Tarefa Logística Humanitária (Operação Acolhida). O grupo foi recepcionado por integrantes do CMP na Base Aérea de Brasília, no início da tarde de sexta-feira, dia 15 de janeiro.

Os 98 militares permaneceram, durante cinco meses, no norte do país, onde ofereceram apoio a famílias de refugiados e a migrantes oriundos da Venezuela. “Foi uma das melhores experiências que vivi até hoje: estar ali em prol do Brasil e de pessoas em situação de vulnerabilidade social. A saudade é inevitável, mas a missão foi cumprida com êxito”, afirmou emocionada a Tenente Fabiana Agueda Leite Amaral, da 11ª Região Militar.

Ao todo, mais de 200 militares formaram o 9º Contingente em ação integrada do Comando Militar do Oeste e do Comando Militar do Planalto. Além de realizar o ordenamento da fronteira e de abrigar famílias, o trabalho também se concentrou no suporte logístico à interiorização, considerada essencial para o sucesso da força-tarefa.

Operação conjunta interagências
Sob a coordenação do Ministério da Defesa, militares do Exército atuam na Força-Tarefa Logística Humanitária com integrantes da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira. Também participam outros ministérios do governo federal, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), secretarias estaduais e municipais e mais de 100 entidades da sociedade civil.

De acordo com agências da ONU, o número de venezuelanos que deixaram o país ultrapassa 4 milhões de pessoas, e o Brasil seria o quinto destino mais procurado por eles. Para garantir atendimento humanitário e emergencial a esses migrantes e a refugiados na área de fronteira do estado de Roraima, principal porta de entrada da Venezuela no Brasil, o governo federal criou, em 2018, a Operação Acolhida.

Fonte: Ten Moraes – CMP

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui