blank

Niterói (RJ) – Militares do Exército concluíram o Estágio de Mergulho a Ar e Resgate no dia 8 de julho. O estágio tem o objetivo de adaptar os mergulhadores para planejar e executar buscas subaquáticas de pessoal e material, reflutuação e resgates, a uma profundidade de até quarenta metros, empregando equipamentos de mergulho autônomo de circuito aberto.

Os Estágios de Mergulho a Ar e Resgate têm duração de quatro semanas e busca atender às demandas de mergulhadores autônomos de circuito aberto da Força Terrestre. Todo o treinamento é realizado no Centro de Instrução de Operações Especiais, Escola de Mergulho do Exército Brasileiro, credenciada pela Marinha do Brasil.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Concluíram, com aproveitamento, dois militares do 1º Batalhão de Forças Especiais, um do 1º Batalhão de Ações de Comandos, dois do Batalhão de Apoio às Operações Especiais, um da 3ª Companhia de Forças Especiais, um da Companhia de Precursores Pára-quedista e um do Centro de Instrução de Guerra na Selva.

Fonte: Centro de Instrução de Operações Especiais