blank

Bogotá (Colômbia) – No dia 19 de julho, militares brasileiros chefes de missões de desminagem humanitária na Colômbia participaram de evento no Instituto Cultural Brasil Colômbia (IBRACO) denominado “A Experiência Brasileira nas Operações de Desminagem Humanitária na Colômbia”, no qual tiveram a oportunidade de apresentar a contribuição de suas atividades para um país livre de minas antipessoal.

O Chefe do Grupo de Monitores Interamericanos (GMI), Coronel Cleber Machado Arruda, o Chefe da Missão de Instrutores e Assessores em Desminagem Humanitária na Colômbia (MIADH), Coronel Marton Daniel Grala, e o Chefe do Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos (GATI), Tenente-Coronel Cláudio Santos Bispo, apresentaram as particularidades de suas missões e participaram de um debate sobre o tema.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A participação da Engenharia Militar do Brasil contribui para ampliar a capacidade operativa das organizações de desminagem humanitária que atuam na Colômbia em atividades de remoção de artefatos explosivos e minas antipessoal.

Fonte: Aditância do Brasil na Colômbia