“O papel da mídia em tempos de pandemia” foi o tema apresentado pelo jornalista Alexandre Garcia, durante palestra ministrada por ele, na quarta-feira (21), no Ministério da Defesa. O evento marca o início do Projeto “Expandindo os Caminhos da Defesa”, que contará com a presença de personalidades de renome nacional, abordando temas variados. Destinada aos servidores militares e civis da Pasta, a iniciativa, da Escola Superior de Guerra (ESG), fomenta debates sobre assuntos ligados à Defesa no Brasil. A abertura do projeto foi prestigiada pelo Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto.

Durante a explanação, o jornalista Alexandre Garcia destacou assuntos como os desafios da profissão, a cobertura de temas de grande repercussão mundial, a imparcialidade, a credibilidade e as novas mídias. O palestrante também chamou a atenção para o fato de que as pessoas estão cada vez mais atentas e seletivas ao buscar por fontes de notícias. “O público faz a audiência e pode apoiar quem realmente desenvolve um bom trabalho”, ressaltou. Ele, ainda, esclareceu dúvidas da plateia sobre o tema apresentado. Ao final, recebeu do Ministro Braga Netto uma lembrança simbólica do Ministério.

Mais de 20 convidados acompanharam a palestra, que também contou com a presença do Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (CEMCFA), General de Exército Laerte de Souza Santos, do Comandante da ESG, Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço, entre outras autoridades.

Alexandre.jpg

Temas da atualidade

Ao longo do ciclo de palestras organizado pela ESG, oficiais-generais da ativa e da reserva, oficiais superiores da ativa, servidores civis assemelhados a oficiais-generais e demais convidados terão a oportunidade de tratar temas de interesse da Defesa, à luz da conjuntura nacional e internacional. O projeto tem como proposta ampliar o conhecimento dos servidores da Pasta sobre diversos temas. As palestras ocorrerão de julho a novembro deste ano, no Ministério da Defesa.

Por Rayane Bueno
Fotos: Alexandre Manfrim

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui